Aquisição de Motoviveladora

Hoje, 22 de Setembro de 2009, foi entregue a Prefeitura Municipal de Nova Itaberaba - pela empresa Mantomac - a Motoniveladora Komat'su Modelo GD 555, cujo convênio foi assinado no dia 29 de julho de 2009.

É um dia histórico para Nova Itaberaba, pois é a primeira máquina nova a ser adquirida pelo município neste segmento.

A Motoniveladora foi adquirida através de um convênio com o Deputado Estadual Gelson Merísio, Via SDR - Chapecó, convênio este que o Prefeito Antonio Domingos Ferrarini conseguiu na viagem que fez a Capital do Estado, no início do Mês de Março.

O valor do investimento foi de R$ 590.000,00, pagos em 04 parcelas.

 

Características da Motoniveladora Komat'se GD 555          

Transmissão Por Conversor de Torque: Concebida Para Oferecer Potência e Notável Desempenho no Local de Trabalho

Motor Komatsu SAA6D102E-2O motor turboalimentado e pós-arrefecido proporciona à motoniveladora GD555 potência e eficiência excepcionais. Com potência no volante de 140 HP (160 HP em marchas mais altas), esse motor alia uma excelente força de tração a uma boa eficiência no consumo de combustível.A Proteção Eletrônica Contra Sobrecarga Rotacional ajuda a prevenir danos ao motor e à transmissão causados por redução de marcha prematura e sobrecarga rotacional na descida de rampas.O Controle Eletrônico da Transmissão permite uma troca de marchas suave e, assim, o operador consegue manter uma superfície de nivelamento uniforme se necessitar mudar de marcha.
A suavidade na mudança de marchas também aumenta a vida útil da transmissão, pois o esforço aplicado às embreagens é menor. Uma única alavanca controla a direção, a velocidade de deslocamento e o freio de estacionamento.
Transmissão Hidráulica (Power Shift) Komatsu, projetada e fabricada especialmente para motoniveladoras Komatsu. Essa transmissão proporciona mudanças de marcha com o máximo de potência ao longo do percurso, bem como os recursos do controle de aproximação e mudança automática de marcha nas marchas mais altas.Conversor de Torque Com Lock-up (Bloqueio/Desbloqueio) ou transmissão direta. O operador é quem escolhe o sistema de transmissão ideal para o trabalho do momento. Em aplicações que exigem potência para nivelamento de terrenos acidentados ou controle fino à baixa velocidade, o operador pode selecionar o modo com conversor de torque. O conversor de torque proporciona ao operador extraordinária força de tração. O mais importante é que o controle fino à baixa velocidade se dá sem a necessidade de mudança de marcha ou uso de um pedal de controle de aproximação. A transmissão por conversor de torque está disponível da primeira à quarta marchas. Havendo necessidade de grande velocidade de transporte o operador pode selecionar a transmissão direta. O operador tem ao alcance das pontas dos dedos a oportunidade de tirar o máximo proveito ora da transmissão com conversor de torque, ora da transmissão direta.Seleções de MarchaOito marchas avante e quatro marchas à ré proporcionam ao operador uma ampla autonomia de trabalho. Com as quatro seleções de marcha abaixo de 9,8 km/h, o operador pode chegar com precisão às velocidades de trabalho ideais para condições no campo que exijam máxima produtividade em aplicações de movimentação de terra. No modo de transmissão com conversor de torque, a mudança de marchas se dá automaticamente da quinta à oitava marchas. O operador
seleciona a marcha mais alta em que deseja operar e ,então, a transmissão vai passando automaticamente da quinta à oitava marchas até chegar à marcha mais alta selecionada pelo operador.Pedal de Controle de Aproximação Com Mínimo Esforço de Atuação do Operador, proporcionando ao operador, no modo de transmissão direta, o controle preciso dos movimentos da máquina. Isto é particularmente importante para operadores ainda não familiarizados com a operação de uma motoniveladora de transmissão com conversor de torque. 

CLSS Com Sistema Hidráulico de Vazão Proporcional

Potência Sob MedidaNormalmente, a bomba de vazão variável funciona sem carga em baixa potência. Detectando a solicitação imposta por uma carga, a bomba prontamente supre a vazão e a pressão que atendam à demanda. O resultado é um menor aquecimento do sistema hidráulico, resposta rápida aos comandos e menor consumo de combustível. O destaque fica por conta da maior eficiência.Válvulas de Controle dos ImplementosProjetadas e fabricadas pela Komatsu especificamente para motoniveladoras, elas proporcionam ao operador notável sensibilidade, além da previsibilidade das respostas do sistema a situações não convencionais que envolvam o controle de implementos. Para ajudar a manter os ajustes exatos da lâmina, os circuitos hidráulicos contam com válvulas de bloqueio. Há, ainda, a incorporação de válvulas de alívio em circuitos selecionados para que os cilindros não sofram sobrecargas de pressão.Baixo Esforço de OperaçãoOs controles dos implementos foram projetados para reduzir a fadiga do operador. São caracterizados por alavancas de curso curto que exigem baixo esforço do operador para atuá-las em ambas as direções. O espaçamento estrategicamente estudado entre as alavancas de controle e o curso curto das mesmas permitem ao operador usar os múltiplos controles com uma única mão.Vazão BalanceadaQuando o operador usa diversos controles a um só tempo, a vazão é proporcional a fim de possibilitar a operação de vários implementos simultaneamente.Velocidade Constante dos ImplementosSeja qual for a rotação do motor, a velocidade dos implementos é constante em razão da grande potência de saída da bomba e da função de controle proporcional de vazão. 

A Mais Versátil Geometria de Lâmina no Mercado

As motoniveladoras Komatsu trazem a mais versátil geometria de lâmina oferecida pela indústria de hoje. Economize tempo e dinheiro na abertura de valas deslocando a terra removida para a direita, sem, assim, precisar obstruir o leito da via. Graças ao extraordinário alcance da lâmina Komatsu, tornam-se desnecessárias máquinas extras ou operários para recolher a sobra de terra. Além disso, há uma folga generosa entre o ressalto da lâmina e a armação principal, mesmo com a parte inferior angulada acentuadamente para baixo.Os cilindros de levantamento extra-longos permitem uma penetração máxima da lâmina no solo de 835 mm.Angulação da LâminaA longa distância entre eixos possibilita ao operador uma angulação da lâmina fora do comum. Esta grande angulação da lâmina permite que o material se mova mais livremente ao longo da lâmina, o que reduz a demanda de potência. Isto é particularmente útil em solo seco ou argiloso.Construção RobustaConstrução soldada em “U” da barra de tração e armação em “A”. Incorporação de um círculo forjado inteiriço capaz de suportar altas tensões. Para reduzir o desgaste, os dentes são temperados por indução no semicírculo de 180º frontal. A sustentação máxima é alcançada com a fixação do círculo na barra de tração por intermédio de sapatas de suporte.Placas de Desgaste Metálicas SubstituíveisPlacas de desgaste metálicas substituíveis estão localizadas entre a barra de tração e o círculo e as sapatas de suporte e o círculo. Este sistema de compensação do desgaste ajuda a manter os componentes aptos ao nivelamento fino, além de facilitar a reposição. A Komatsu utiliza itens de desgaste metálicos substituíveis também nas seguintes áreas:*       Mancais do suporte do círculo e da ponta da lâmina *       Trilho de deslizamento da lâmina Retentores de Pó nos Soquetes dos Cilindros*       Levantamento da Lâmina e Deslocamento Lateral da Barra de Tração
Os soquetes dos cilindros contam com retentores de pó que impedem o ingresso de poeira no interior dos soquetes que venha a causar o desgaste dos mesmos.
Sistemas de Proteção*       Os Acumuladores de Levantamento da Lâmina absorvem os impactos gerados quando a lâmina se choca com objetos imóveis. Este opcional é especialmente útil no nivelamento de terrenos irregulares e em áreas rochosas.
Ele proporciona um controle preciso, ao mesmo tempo que assegura o alívio de cargas de impacto verticais.
A Embreagem de Giro do Círculo protege a barra de tração, o círculo e a lâmina de choques horizontais registrados quando há a colisão de um objeto nas proximidades da parte inferior ou do ressalto da lâmina. Este dispositivo revela-se de maior utilidade
quando você se depara frequentemente com objetos ocultos.
 
Especificações

Motor

 
Modelo Komatsu SAA6D102E-2
Tipo 4 tempos, injeção direta e arrefecido à água
Aspiração Turboalimentado e pós-resfriado
Número de cilindros 6
Diâmetro 102 mm
Curso 120 mm
Cilindrada 5,9 litros
Potência bruta*
    F1 ~ F3 147 HP (110 kW) @ 2000 rpm
    F4 ~ F8 VHP*** 167 HP (125 kW) @ 2000 rpm
Potência líquida no volante**
    F1 ~ F3 140 HP (104 kW) @ 2000 rpm
    F4 ~ F8 VHP*** 160 HP (119 kW) @ 2000 rpm
Torque máximo disponível
    F1 ~ F3 576 N.m @ 1500 rpm
    F4 ~ F8 VHP*** 729 N.m @ 1500 rpm
Sobretorque 28%
Ventilador Tipo aspirante, de 7 palhetas
Filtro de ar Tipo seco, de 2 elementos
Sistema elétrico de partida 24 V com alternador de 50 A
Baterias 2 de baixa manutenção (12 V e 170Ah cada)
* Potência bruta disponível para motor completo operando dentro das condições estabelecidas na Norma SAE J 1995
** Potência líquida no volante disponível para condições padrão SAE J 1349 incluindo filtro de ar, alternador (carregado), bomba de água, óleo lubrificante, bomba de combustível, silencioso e ventilador.
*** VHP disponível nas marchas 4 a 8 avante , com certificação de emissão de poluentes da Tier 2

Transmissão e conversor de torque

Potência integral na troca de marchas da transmissão com conversor de torque de estator de rotação livre e integrado com lock-up (bloqueio/desbloqueio)Velocidades máximas (na rotação nominal do motor) 

Marcha

Avante À ré
3,3 km/h 4,4 km/h
4,8 km/h 9,0 km/h
6,8 km/h 19,7 km/h
9,8 km/h 39,1 km/h
14,9 km/h  
21,6 km/h  
29,6 km/h  
42,9 km/h  

Freios

Freio de serviçoFreios a disco em banho de óleo selados de acionamento hidráulico e atuação por pedal nas 4 rodas do tandem. Superfície de frenagem total igual a 13338 cm2Freio de estacionamentoAcionamento manual com aplicação por mola e pinça de alívio hidraúlico com intertravamento da transmissão. 

Barra de tração

Formato em "A" de construção prensada em seção em "U" e soldada para máxima resistência com esfera da barra de tração substituível.Armação da barra de tração: 210 x 25 mm 

Lâmina

Com deslocamento lateral hidráulico. construída com aço de alto teor de carbono. Inclui placas de desgaste metálicas, bordas cortantes e flancos substituíveis. As bordas cortantes recebem tratamento de têmpera em toda a peça. 
Dimensões 3710 x 660 x 22 mm
Raio do arco 432 mm
Borda cortante 152 x 16 mm
Flancos reversíveis/ substituíveis 152 x 16 mm

Sistema Hidráulico

Tipo CLSS (centro fechado, com sensor de carga) com bomba de pistões de vazão variável. Válvulas de controle de atuação direta de curso curto com mínimo esforço para o operador e programação da vazão máxima pré-selecionada para cada função. Válvulas antidrift (retenção pilotada) de dupla ação nos cilindros de levantamento e inclinação da lâmina, deslocamento lateral do círculo, articulação e inclinação das rodas. 
Vazão máxima 205 /min @ 2000 rpm
Pressão extra 35 kg/cm2
Pressão máxima do sistema 210 kg/cm2

Círculo

Forjado em formato anelar inteiriço com 4 sapatas de sustentação de superfície de desgaste substituível. Dentes do semicírculo de 180º frontal do círculo tratados por têmpera.Diâmetro (externo): 1530 mmControle hidráulico de inversão do sentido de rotação do círculo: 360º 

Alcance da lâmina

 
Deslocamento do centro do círculo
    Direito 625 mm
    Esquerdo 625 mm
Deslocamento lateral máximo da lâmina
    Direito 820 mm
    Esquerdo 820 mm
Alcance lateral máximo com chassi rígido
    Direito 2000 mm
    Esquerdo 2000 mm
Elevação máxima acima do solo 485 mm
Penetração máxima no solo 835 mm
Ângulo máximo para corte de talude (direita e esquerda) 90º
Variação do ângulo de inclinação da lâmina 40º para frente
5º para trás

Chassi

 
Seção soldada (largura x altura) 300 x 294 mm
Placa lateral 250 x 12 mm
Módulo da seção vertical, chassi dianteiro
    Mínimo 2140 cm3
    Máximo 4860 cm3
Peso linear por comprimento, chassi dianteiro
    Mínimo 151 kg/m
    Máximo 199 kg/m

Compartimento do operador

Console de controle pivotante e volante da direção inclinável. Assento com suspensão e encosto com apoios laterais para os braços reguláveis. Ampla área envidraçada para uma total visibilidade externa. 

Eixos

Eixo Dianteiro
Tipo Seções soldadas construídas com
barras de aço maciças
Altura livre em relação ao solo no pivô 630 mm
Ângulo de inclinação lateral das rodas
(esquerda e direita)
20º
Oscilação total 32º
Eixo TraseiroEixo totalmente flutuante em aço liga com tratamento térmico dotado de diferencial com bloqueio/desbloqueio. 

Tandem

 
Oscilante, de seção em caixa soldada, totalmente vedada 580 mm x 221 mm
Corrente de acionamento da roda motriz de corpo único Passo de 31,75 mm
Espessura da parede lateral
    Interna 22 mm
    Externa 19 mm
Espaçamento entre os eixos das rodas 1535 mm
Oscilação do tandem 13º para frente
13º para trás

Direção

Sistema direcional de acionamento hidráulico proporcionando controle da direção mesmo com o motor desligado segundo os padrões SAE J53 e J1511.
Raio de giro mínimo 6,8 m
Inclinação máxima da diraçã para a direita ou a esquerda 49º
Ângulo de articulação para a esquerda ou a direita 23º

Rodas dianteiras e traseiras

 
Tipo dos mancais de rolamentos cônicos
Pneus de baixa pressão sem câmara de ar 17.5 x 25 - 12 lonas classe L2/G2
Aros intercambiáveis 14.00 DC x 25
 

Capacidades

 
Reservatório de combustível 340
Sistema de arrefecimento 42
Motor 14
Transmissão 45
Comando final 12
Tandem (cada lado) 83
Sistema hidráulico 85
Reservatório hidráulico 45
Carcaça de inversão do círculo 5
 

Pesos operacionais (aproximados)

Peso operacional da máquina básica equipada com: cabina fechada, ar condicionado, lâmina de 3,71m, pneus 17.5 x 25 - 12 lonas L2/G2, lubrificantes, liquido de arrefecimento, reservatório de combustível completo, operador e conjunto ripper traseiro de 3 dentes com contrapeso dianteiro.Total: 17300 kgAlterações de peso 

Opcionais

Alteração no
peso
operacional
Conjunto ripper traseiro de 3 dentes com
contrapeso dianteiro (remoção)
- 1987 kg
Escarificador dianteiro com 11 dentes 550 kg
Duas hastes / dentes adicionais do ripper traseiro 68 kg
Novas hastes / dentes do escarificador traseiro 73 kg
Lâmina de 4320 mm 124 kg

Instrumentos

Sistema de monitoração eletrônico com funções de diagnóstico de falhas:Indicadores *       Padrões: Articulação, temperatura do líquido de arrefecimento do motor, nível do combustível, horímetro, central de mensagens, temperatura do óleo do conversor de torque. Luzes de alerta*       Padrões: carga da bateria, flutuação da lâmina, pressão do óleo do freio, sinalizador direcional, pressão do óleo do motor, sinal do aquecedor, bloqueio do braço de levantamento, freio de estacionamento, circuito elétrico da transmissão e temperatura do óleo do conversor de torque, bloqueio do diferencial, temperatura do óleo do diferencial, farol alto. *       Opcionais: Faróis de trabalho

Dimensões

  
A Altura 3121 mm
B Centro do eixo dianteiro ao contrapeso 640 mm
C Borda cortante ao centro do eixo dianteiro 2500 mm
D Distância entre eixos ao centro do tandem 5850 mm
E Pneu dianteiro ao parachoque traseiro 8387 mm
F Distância entre eixos do tandem 1535 mm
G Centro do tandem a ponta do ripper 2560 mm
H Comprimento total 9390 mm
I Bitola 2130 mm
J Largura por fora dos pneus 2633 mm
K Largura da lâmina padrão 3710 mm
L Largura da lâmina opcional 4320 mm
M Largura do ripper/escarificador 1960 mm
N Articulação à esquerda ou à direita 23º

Equipamento Padrão

Motor e itens relacionados*       Acelerador/desacelerador e controle manual do afogador *       Filtro de ar com pré-purificador, elemento de segurança e indicador de manutenção do filtro de ar *       Motor Komatsu SAA6D102E-2 em conformidade com os padrões de emissão de poluentes, turboalimentado e pós-arrefecido ar-ar, padrão VHP com potência líquida no volante de 140 - 160 HP *       Separador de água na linha do combustível *       Tampas laterais do compartimento do motor Sistema Elétrico*       Alarme de ré *       Alternador de 50 A e 24 V *       2 baterias de 12V / 170 Ah *       Buzina elétrica *       Faróis: luzes de rá, luzes do freio, sinalizadores direcionais, 2 faróis dianteiros de halogênio montados na parte frontal da cabina *       Luzes: freio de estacionamento, bloqueio do diferencial, flutuação da lâmina, pressão do óleo do motor, monitor do circuito elétrico do sistema de transmissão, bloqueio do braço de levantamento, temperatura do óleo do diferencial, preaquecimento, farol alto do farol dianteiro *       Cabina: fechada com estrutura ROPS/FOPS (SAE J1040, J231) com vidros fumê de segurança e janelas do vidro inferior do pára-brisa articuladas com limpador do pára-brisa e lavador do vidro *       Ar condicionado Ambiente de trabalho*       Console ajustável com painel de instrumentos *       Indicadores: horímetro, nível do combustível, indicador de articulação, temperatura do óleo da transmissão, temperatura do líquido de arrefecimento, mostrador de códigos de erro com odômetro e visualização da marcha da transmissão e da rotação do motor *       Espelhos retrovisores na parte central interna da cabina e espelhos retrovisores externos direito e esquerdo *       Cabina e tapete do piso projetador para supressão de ruídos *       Limpador do vidro superior do pára-brisa e limpador do vidro traseiro, ambos disponíveis em duas velocidades Trem de força*       Eixo traseiro inteiramente flutuante, tipo engrenagens planetárias *       Freios de serviço a disco em banho de óleo de acionamento totalmente hidráulico *       Freio de estacionamento a disco aplicado por mola com liberação hidráulica *       Pneus e aros: pneus sem câmara 17.5 x 25 - 12 lonas (L2/G2) montados em aros tripartidos de 14 x 25 *       Transmissão com mudança de marchas inteiramente hidráulica dotada de conversor de torque (8F-4R) Equipamento de trabalho e Sistema hidráulico*       Circuito montado na barra de tração, rotação de 360º com levantamento da lâmina e deslocamento lateral do círculo hidráulico *       Embreagem de giro do círculo *       Sistema hidráulico de centro fechado com sensor de carga *       Lâmina: 3710 mm x 660 mm x 22 mm com bordas cortantes tratadas totalmente por têmpera e flancos substituíveis de 152 mm x 16 mm, deslocamento lateral da lâmina e inclunação da lâmina hidráulicos com válvulas antidrift (retenção pilotada). Angulação máxima da lâmina à direita e à esquerda de 90º *       Sistema direcional totalmente hidráulico com volante da direção e inclinação das rodas dianteiras e articuação da armação com válvulas antidrift (retenção pilotada) *       Comando de válvulas de controle com 8 estações Outros equipamentos padrões*       Manual de operação e manutenção e catálogo de peças *       Pintura com padrao de cores adotado pela Komatsu *       Degraus e corrimãos na traseira e nas laterais direita e esquerda *       Protetor da transmissão *       Itens de proteção contra vandalismo, incluindo acesso com trava ao radiador, reservatório hidráulico e tampas laterais do motor *       Ripper traseiro com 3 dentes  

Equipamentos opcionais

*       Rádio AM/FM com toca-fitas *       Alternador de 90 A *       Bordas cortantes, 18 mm x 203 mm *       Extintor de incêncio *       Jogo de ferramentas em geral *       Faróis dianteiros e sinalizadores direcionais montados na barra de tração *       Lâmina de 4320 mm x 660 mm x 22 mm *       Pré-purificador com ejetor de pó *       Placa de empuxo adicional *       Conjunto de escarificador montado na dianteira com 11 dentes *       Ripper / Escarificador traseiro *       com 5 dentes de ripper, ou *       com 9 dentes de escarificador *       Pneus 14.00 x 24 - 12 lonas G2 com aros *       Farol de trabalho traseiro adicional *       Farol de trabalho dianteiro *       Luz giratória em âmbar montada no teto da cabina  

Galeria de Fotos




Previsão do tempo




Prefeitura Municipal de Nova Itaberaba.